quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Sex on Fire - 11º Capítulo

Miley : Ê NÃO QUERO OUVIR UM GRITO SEQUER EM! - revirei os olhos com isso, ela sabia que provavelmente aconteceria, bastasse Demetria me encher o saco, eu já estava mau humorada, ela conseguiria me irritar ainda mais fácil.

(...) Anteriormente

(seu nome): Então... - já estávamos ali a uns três minutos e ela não havia dito uma palavra sequer. resolvi começar sugestiva já que até o momento a mesma nada disse. Ela me olhou com a sobrancelha arqueada. - você disse que queria falar comigo lembra? - Ela me olhou tímida e se aproximou mais segurando minha mão direita entrelaçando nossos dedos.
Demi : Bom, vou ser direta com você.. não vai adiantar eu ficar te enrolando mesmo, já que de qualquer jeito você vai se irritar comigo...denovo. - ela disse encarando nossas mãos entrelaçadas.
(seu nome): Então seja Demi, eu ainda pretendo tomar café da manhã. - disse seca.
Demi : Por favor, não seja grossa comigo..
(seu nome): Demi, eu estou mal humorada e eu não sei se você já sabe mas é por ontem.. não me orgulho nem um pouco em saber que eu fiquei irritada por você ter evitado ao meu toque. eu não sei oquê está acontecendo, talvez você esteja certa, talvez isso que anda acontecendo entre agente realmente seja um erro, mas eu não ligo, eu gosto do errado, gosto do perigo, eu gosto por que é proibido Demi. - disse tudo de uma vez, ela ainda encarava nossas mãos fazendo um leve carinho com o polegar.
Demi : Eu não gosto, nunca gostei de ser a "outra".. - ela disse fazendo aspas com as mãos, logo em seguida alcançando a minha de volta, voltando a entrelaçar nossos dedos. - Eu não gosto de saber que alguém esta fazendo algo errado.
(seu nome): Não estamos fazendo nada de errado Demi. - disse vendo-a suspirar. - Todos sabem que esse meu namoro com Anabelle não irá durar tanto. Eu não gosto desses ciumes possessos. Gosto dela, não a amo mais gosto.
Demi : É ai que eu queria chegar (seu nome). - ela disse me lançando um olhar apreensivo. - não gosto do que anda acontecendo, eu não toco tanto no assunto porque ainda me lembro de como você me evitava quando tivemos essa conversa da ultima vez..
(seu nome): Claro, você simplesmente acabou com o jantar no qual eu apresentava minha namorada a vocês oquê queria, que te agradecesse? - perguntei irônica.
Demi : (seu nome), me deixe terminar, juro que depois você pode me dizer oque quiser. - suspirei irritada, sabia onde aquilo iria parar. - independente doque aconteça aqui, quero que me prometa que não vai ser como da ultima vez, pode me prometer isso (seu nome) ela perguntou me encarando séria.
(seu nome): Achei que isso só havia afetado a minha mãe. - disse sustentando seu olhar sério pra cima de mim.
Demi : Acha que eu gostei de saber do que você andava aprontando? - ela me olhou decepcionada. - Não. Eu não gostei nem um pouco mocinha. Você ainda mora com a sua mãe, tem que respeita-lá..
(seu nome): Eu a respeito! - disse em um tom de voz alterado.
Demi : Eu estou aqui na sua frente, não aumente o tom de voz comigo (seu nome)! - ela me olhou de cara feia. - Ela está te estimulando a fazer coisas erradas, ela é três anos mais velha que você, ela tem experiências que você desconhece meu amor intenda..
(seu nome): Lá vem você denovo com esse papo de idade pra cima de mim.. você por acaso aplica isso em você quando esta saindo com o primeiro que pede o seu telefone Demetria ? - raiva. tocar nesse assunto me deixava possessa de raiva.
Demi : Vou fingir que não ouvi isso e voltar ao ponto principal dessa conversa. - ela fez uma pausa e então continuo. - Não afetou só a sua mãe, afetou a mim saber que você estava sendo capas de fazer aquilo. afetou a mim saber que a criança doce que eu vi crescer estava agindo daquela forma. - ela me olhava enquanto enquanto eu sentia meus olhos lacrimejarem.
(seu nome): Eu não usei, nunca usei. - disse com a voz chorosa.
Demi : Quando sua mãe me disse oque havia encontrado eu quis pegar o primeiro avião e deixar Londres.
(seu nome): Eu não mentiria para ela Demi, eu não menti para ela. - senti um nó se formar em minha garganta, eu não queria ter que ser vulnerável na frente dela.
Demi : Você sabe que é errado (seu nome), você sabe o quanto isso é errado por que ainda esta com ela..
(seu nome) : PORQUE NÃO FOI ELA ! - gritei deixando as lagrimas virem. - não foi ela.. - disse entre soluços. - não foi.
Demi : Ê quem foi (seu nome)? - eu podia sentir desapontamento em sua voz, afinal pra ela e para mamãe se não havia sido Anabelle teria que ter sido eu.
não me permitir falar sobre isso, chorei..deixei que as lagrimas viessem, ela se aproximou de mim acariciando meus cabelos.
(seu nome): Não.. não encosta em mim por favor! - me levantei caminhando até a janela do quarto vendo o tempo nublado que se formava lá fora. encarei meu relógio e eram apenas 12:14pm, tomei coragem para dizer isso a ela, era algo fácil de contar para quem eu havia me tornado hoje. Isso se não tivéssemos tido aquela conversa a um tempo atrás.

FlashBack -

um ano e sete meses atrás.

Demi : Eu não faria.
(seu nome): Por que não? - eu perguntava me referindo ao cartaz imenso na sala reservada a DVD's adultos em uma locadora que ficava a algumas quadras do escritório de advogacia da mamãe. - deve ser excitante.. - a olhei rindo.
Demi : Acho baixo, por mais que eu não tenha preconceito algum. Acho isso coisa de quem não se da o valor, uma mulher não dividiria sua parceira com outra, ainda mais sendo namorada.. estaria sendo corna e vagabunda ao mesmo tempo, mesmo que seja por prazer.

FlashBack -

voltei meu olhar a ela que me encarava enquanto tentava secar as lagrimas que caiam insistentemente. Encarei novamente a janela a minha frente, eu era covarde demais para dizer isso olhando em seus olhos.
(seu nome): Havia uma terceira pessoa conosco aquela noite. - disse rindo sem humor imaginando a grande vadia que agora eu seria para ela.
Demi : Terce..Terceira pessoa? - ela gaguejou ao repetir. - como? - ela parou confusa, pensando.. - mas sua mãe disse que vocês.. que vocês estavam..
(seu nome): Transando Demi, sim nós estávamos..
Demi : Tá mas.. e essa terceira pessoa?, oque.. quem era afinal? - ela me encarava tentando rancar as respostas de mim.
(seu nome): Eu tinha acabado de conhecer Anabelle, e a garota que nos apresentou.. era ela quem estava aqui aquela noite.. nós duas já havíamos ficado algumas vezes, mas era só em festas, algumas vezes. - parei me lembrando de quando ela me propôs aquilo. - Estávamos em um Pub que fica em frente ao campus do colégio onde estudo hoje, ela quis sair de lá, eram por volta de umas 21:00hrs da noite, então sugeri minha casa. Mamãe não estaria aqui mesmo, ela havia me ligado dizendo que iria jantar com uma amiga que estava desolada com a separação.. - ri sem humor - isso é tão patético, precisar que uma terceira pessoa que não esteja envolvida em sua vida amorosa para que ouça você se lamentando por algo que não irá voltar.
Demi : Se for verdadeiro volta sim. - ela sussurrou.
(seu nome): Meus pais costumavam dizer isso sabia? - eu disse agora a olhando nos olhos, ver ela chorando me deixou sem chão. Saber que aquilo seria pior quando ela soubesse a verdade, soubesse a que ponto a criança doce dela havia chegado. - bom.. eu e Anabelle ficamos pela primeira vez naquela noite..
Demi : E a outra garota ?
(seu nome): também. - ela me encarou sem entender, voltei a olhar para a janela ouvindo ela perguntar..
Demi : Também oquê? - suspirei alto arrancando coragem pra contar tudo de uma vez, me livrar daquilo de uma vez por todas. eu preferi deixar que minha mãe pensasse que eu estava usando drogas á contar a Demetria oque havia acontecido aquela noite, em meu quarto.
(seu nome): Também fiquei com ela, também transei com ela. - ri sem humor da minha desgraça futura. - é Demi, aquela noite eu fui a vagabunda que você sente repulsa.


Continua...









16 comentários:

  1. concordo, muuuuito foda! quando vai ter mais? kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ainda tô escrevendo, :)
      Até umas 16:00 quero tá com o capítulo pronto .

      Excluir
  2. ta muito perfeito posta mais!

    ResponderExcluir
  3. Ualllllll , esta muito fodaaa , incrível

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, fooda é oque você escreve né velho.. 8)

      Excluir
  4. Caraaaaaa... que foda! amando a história!! quero mais!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ê eu amando, e agradecendo a vocês por lerem . :D

      Excluir
  5. Ui, rolo um menage a trois :s que tenso... Posta mais hoje, ta muito foda!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkk, cara eu me divirto com esses comentários, tôo escreveendo Anôny.
      pretendo postar ainda hoje, não tenho certeza se posto anoite, tenho compromisso, ;)

      Excluir
  6. Oi amor. Vou iniciar uma historia no meu blog pra lesbians for demi. to adorando sua fic bebe ta perfeito <3 continua logo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oounw, obrigada por avisar, vou acompanhar com certeza !
      vou terminar de escrever e revisar já posto .
      :)

      Excluir
  7. nova leitora! sua fic é muito boa posta mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acabei de postar Anôny, êe obrigada por ler !
      :D

      Excluir